Carta do Bispo a todo o povo da Prelazia de Lábrea

Prezados irmãos e irmãs da Prelazia, Paz e Alegria!

Finalizado já o ano 2015, entramos no novo ano com pé firme, prontos para participar de nossa Assembleia (21 a 24 de Janeiro) com o olhar dirigido ao “Menino que nos foi dado” e à realidade em que vivemos e queremos enriquecer com a alegria que Ele nos trouxe.

Lembram? Família e Missão foram as urgências destacadas na Assembleia da Prelazia em 2013. Creio continuar sendo as mesmas urgências a prevalecer na Ação Pastoral de nossa Prelazia, com algumas variantes.

Que passos demos até agora? Que passos ainda devemos dar para melhorar os nossos relacionamentos individuais, comunitários e sociais?

Desde a Exortação Apostólica “A alegria do Evangelho”, o Papa Francisco continua a nos urgir a estar “em saída”, rompendo as barreiras do nosso egoísmo e acomodação para encontramos a alegria do Evangelho no serviço aos irmãos! Assim nos indicava a Campanha da Fraternidade deste ano que passou, com o Lema “Eu vim para servir” (Mc. 10,45). Com o gesto de Jesus “lavando os pés dos discípulos”, gesto relembrado pelo próprio Papa Francisco no Cartaz dessa Campanha em que todos fomos animados a “SERVIR”, para assim encontrar a alegria que desejamos! Essa Campanha aliás não pode encerrar, sempre deve continuar! Experimentemos isso, fortalecendo os laços familiares e atuando em favor dos nossos irmãos mais afastados, “saindo” em direção deles, interessando-nos por eles, servindo eles!

Família e Missão!

Lembrem de rezar para que todos os participantes da Assembleia, dirigidos pelo Espirito Santo, possamos contribuir para uma Evangelização mais eficiente, sempre em atitude de “saída”, como nos recomenda o Papa Francisco.

Não podemos esquecer neste momento a última Carta Encíclica do Papa Francisco, “Laudato si”, sobre o cuidado da casa comum, a mãe terra em que habitamos. Todo cuidado é pouco para vivermos melhor nós e as gerações futuras! Cuidar as nossas florestas, rios e lagos! Cuidar dos arredores de nossas residências sem esgotos, do lixo, da água. Tarefa de todos!

E tenhamos bem presente este Ano Santo com que nos agraciou o Papa Francisco, tomando consciência do Amor Misericordioso de Deus para conosco e a necessidade de, também nós, ser misericordiosos como o Pai é misericordioso… Aproveitemos este ano para nos reconciliar melhor com o Pai e os irmãos…

Que nossa maior união a Jesus Cristo nos leve a sentir, pensar e agir como Ele no nosso dia a dia e não apenas em alguns momentos!

Feliz Ano 2016!

Forte abraço e a bênção de seu irmão bispo.

Lábrea, 03 de janeiro de 2016

+Jesus Moraza Ruiz de Azúa

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.requerido

*

* *