23 de Junho de 2017

Pois Aquele que fez os corações, agora quis ser “Coração”

Publicado por

Quando agente pára pra pensar,
Neste Mistério do Sagrado que amamos celebrar,
É uma coisa de arrepiar,
Pois Aquele que fez os corações, agora quis ser “Coração”.

Gente como agente, com cheiro de gente,
Parece loucura, mais é real, aqui encontramos o Providencial.
Um Tal Emanuel, que agora posa num manto de humanidade,
Sem dela precisar, mas quis a mesma experimentar.

Seria inconstância de adolescente,
Aventura de gente valente,
Só sei que a coisa foi séria,
Pois rolou uma paixão à toque de Coração.

O que se criou na Celeste Comunidade,
Agora se degusta na simplicidade da humanidade,
Antigamente agente dizia que era o humano que buscava o Sagrado,
Eh, mas agora é o Sagrado que busca o humano.

Coisa desconcertante, mas ao mesmo tempo empolgante,
Pois agora uma coisa temos igual,
A mesma batida, o mesmo ritmo, a mesma pulsação,
Isto que é consagração, feita por um Sagrado Coração.

Por pe. Éder Carvalho Assunção. Missionário da Prelazia de Lábrea no Corno da África [email protected]

Uma leitura Orante :

Leituras do Dia

 

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.requerido

*

* *