04 de Julho de 2014

Solenidade de Corpus Christi na Paróquia N. Sra. de Nazaré – Lábrea – AM

Publicado por

De acordo com a história da Igreja Católica, a festa de Corpus Christi, ou mais claramente festa do “corpo e sangue do Senhor” começou na França no inicio do século XIII, como uma devoção eucarística popular. Em 1264, o Papa Urbano IV instituiu e abriu essa festa para toda a Igreja Católica. Os cristãos já tinham o costume de levar a sagrada eucaristia em procissão, antes mesmo de ter essa festa, mas somente no final do século XIII e durante o século XIV ficou mais difundida a prática de levar a eucaristia de maneira bem visível no ostensório, em procissão solene pelas ruas. Em Lábrea, nos últimos anos há o costume de se enfeitar bem a rua por onde passa a procissão com tapetes ornamentais, confeccionados artesanalmente com serragens coloridas. A comissão organizadora articula para que as 12 comunidades da paróquia, juntamente com as escolas Santa Rita e Santo Agostinho, o centro esperança e o grupo “jovens em ação”, participem da confecção dos tapetes, o que vem dando muito certo ao longo dos anos, e às mesmas buscam aperfeiçoarem-se cada vez mais. Cada tapete tem um tema a ser trabalhado, e a comissão sempre busca destacar um fato relevante que está sendo celebrado na vida da Igreja mundial e local. Assim, neste ano de 2014, buscou-se destacar entre os temas eucarísticos: a comemoração dos 20 anos de ordenação episcopal do bispo da Prelazia de Lábrea, D. Jesus Moraza; os 60 anos da Escola Educandário Santa Rita; os 20 anos do centro esperança de Lábrea; o encerramento dos 170 anos da infância e adolescência missionária; o 48º dia mundial das comunicações sociais; Campanha da Fraternidade – 2014; canonização do Papa João Paulo II, martírio de Irmã Cleusa, dentre outros. A arte dos tapetes confeccionados desde a madrugada, além de servirem para a passagem do Santíssimo Sacramento, são apreciados por nossas famílias e visitantes, que saem de suas casas mais cedo, antes da missa, para visitarem cada tapete e registrarem suas fotografias. Durante o percurso da procissão, também são confeccionados belos altares, onde acontecem as 06 paradas para as bênçãos solenes do Santíssimo Sacramento. Desses altares, 05 são confeccionados por famílias da comunidade do centro, que o preparam com muito carinho e satisfação. Na solenidade do corpo e sangue do Senhor se celebra a presença real e substancial de Cristo na eucaristia dentro do mistério pascal na missa que é: sacríficio (entrega da vida), comunhão e presença continuada do ressuscitado entre nós. A eucaristia é o centro da missão de Jesus Cristo entre nós, é ação de graças, é o maior louvor ao pai porque nela todos nós nos comprometemos à solidariedade, à partilha, à comunhão. A celebração litúrgica teve inicio as 17h30min na Catedral de Lábrea. A solenidade foi presidida pelo bispo Dom Jesus Moraza e concelebrada por Padre Éder Assunção e os freis agostinianos José Garcia e Jesus Cortéz. Logo após, saiu a procissão do Santíssimo Sacramento pelas ruas do centro da cidade. Em nome da comissão organizadora, queremos agradecer a todas as comunidades, escolas, grupos, famílias e pessoas que direta ou indiretamente colaboraram conosco em mais uma festa de Corpus Christi. Somos convidados a ser pessoas e comunidades pascais e eucarísticas, capazes de dar a vida, de partilhar, de criar comunhão, de ser presença e testemunhas do ressuscitado no dia-a-dia. Marcelo Viana

Deixe seu comentário

Seu endereço de email não será publicado.requerido

*

* *